segunda-feira, outubro 29


Esse final de semana foi especialmente agradável....

E essa foto me chamou a atenção em um conceito que se fez real novamente em meus princípios....
Podemos dar a volta por cima sem pisar em nada nem em ninguém!
Chegar onde quisermos simplesmente com a determinação a tal...

A gente se vê lá....

Atitudes valem mais que palavras....


Não é questão de educação, mas sim de atitude.
A vida é ação e reação!

Faça acontecer...
que eu farei valer a pena!!

sexta-feira, outubro 26

PT&BCO


Uma homenagem!!!!
À vocês.... que fazem as noites de Paraty voltarem a ser uma ciranda!!!!
Muito mais que um movimento cultural!!!!!




Esse céu é da minha terra....

Saudades onde me compreendo....




Umas cervejas no Amarelinho.....

Em Paraty....

Mais dia, menos dia....
Acabamos por sentar em uma dessas mesas....
em uma dessas mesas de bar.

E em qualquer ponto dessa melancolia...
onde se misturam cores e poesias...
Sigo a brindar:

Ciranda e Amor!

Mofei


Essa última semana foi de chuva chuva chuva em Paraty!!!!
Gosto desses dias.....
obriga-nos a ver refletido nos pingos de água que vêm do céu
tudo aquilo de nós mesmos......
Ah, como gosto de me ver assim...
caindo do céu....

E hoje o sol....
Veio para tirar o mofo...
Melhor do que embolorar...
É se revigorar....
Se revigorar ao sol!!!!


segunda-feira, outubro 22

Ecos do ão



Rebenta na Febem rebelião
um vem com um refém e um facão
a mãe aflita grita logo: não!
e gruda as mãos na grade do portão
aqui no caos total do cu do mundo cão
tal a pobreza, tal a podridão
que assim nosso destino e direção
são um enigma, uma interrogação
Ecos do ão
e, se nos cabe apenas decepção,
colapso, lapso, rapto, corrupção?
e mais desgraça, mais degradação?
concentração, má distribuição?
então a nossa contribuição
não é senão canção, consolação?
não haverá então mais solução?
não, não, não, não, não...
Ecos do ão
pra transcender a densa dimensão
da mágoa imensa então, somente então
passar além da dor da condição
de inferno e céu nossa contradição
nós temos que fazer com precisão
entre projeto e sonho a distinção
para sonhar enfim sem ilusão
o sonho luminoso da razão
Ecos do ão
e se nos cabe só humilhação
impossibilidade de ascensão
um sentimento de desilusão
e fantasias de compensação
e é só ruina, tudo em construção
e a vasta selva, só devastação
não haverá então mais salvação?
não, não, não, não, não...
Ecos do ão
porque não somos só intuição
nem só pé-de-chinelo, pé no chão
nós temos violência e perversão
mas temos o talento e a invenção
desejos de beleza em profusão
ideias na cabeça, coração
a singeleza e a sofisticação
o choro, a bossa, o samba e o violão
Ecos do ão
mas, se nós temos planos, e eles são
o fim da fome e da difamação
por que não pô-los logo em ação?
tal seja agora a inauguração
da nova nossa civilização
tão singular igual ao nosso ão
e sejam belos, livres, luminosos
os nossos sonhos de nação.
Composição: Lenine e Carlos Rennó




Porque você chegou assim...



e minha vida transformou....

Onde tudo começou....


meu banheiro azul...

Águas de Paratii












segunda-feira, outubro 15

... sometimes...

that´s all folks!

Tambores da paz!!!!

Paraty.....


Festa do Divino.....
Ciranda e Amor.

A Rede

Nenhum aquário é maior do que o mar
Mas o mar espelhado em seus olhos
Maior me causa um efeito
De concha no ouvido, barulho de mar
Pipoco de espuma, ribombo de água e sal

Nenhuma taça me mata a sede
Mas o sarrabulho me embriaga
Mergulho na onda vaga
Se eu caio na rede, não tem quem não caia

Às vezes eu penso que sai dos olhos o feixe
De raio que controla a onda cerebral do peixe

Nenhuma rede é maior do que o mar
Nem quando ultrapassa o tamanho da Terra
Nem quando ela acerta, nem quando ela erra
Nem quando ela envolve todo o planeta
Explode e devolve pro teu olhar
Um tanto de tudo que eu to pra te dar

Se a rede é maior do que o meu amor
Não tem quem me prove

Às vezes eu penso que sai dos teus olhos o feixe
De raio que controla a onda cerebral do peixe

Se a rede é maior do que o meu amor, não tem quem me prove
Eu caio na rede, não tem quem não caia.....
Paraty....
Meu mar cor-de-rosa.

Como não me reapaixonar a cada amanhacer????

Qualquer viagem....


Boemia


Ah.....
tu que não cansas de me cativar....
Tu que não cansas de me embalar....

Especiais


Paraty...
Sempre igual...
Sempre surpreendente...

Mr. Jones - Counting Crows

Sha la la la la la la..... hmm, uh huh...
I was down at the New Amsterdam staring at this yellow-haired girl

Mr. Jones strikes up a conversation with a black-haired flamenco dancer

She dances while his father plays guitar

She's suddenly beautiful

We all want something beautiful

Man I wish I was beautiful

So come dance this silence down through the mornin'

Sha la la la la la la la yeah.. uh huh, yeah...

Cut up, Maria! Show me some of that Spanish dancin'yeah, but,

Pass me a bottle, Mr. Jones

Believe in me

Help me believe in anything

'Cause I wanna be someone who believes

Yeah...Mr. Jones and me tell each other fairy tales

And we stare at the beautiful women

"She's looking at you. Ah, no, no, she's looking at me."

Smiling in the bright lights

Coming through in stereo

When everybody loves you, you can never be lonely

Well, I'm gonna paint my picture

Paint myself in blue and red and black and gray

All of the beautiful colors are very very meaningful

Yeah, well, you know gray is my favorite color

I felt so symbolic yesterday

If I knew PicassoI would buy myself a gray guitar and play

Mr. Jones and me look into the future

Yeah, we stare at the beautiful women

"She's looking at you. I don't think so. She's looking at me."

Standing in the spotlightI bought myself a gray guitar

When everybody loves me, I'll never be lonelyI'll never be lonely

Son, I'm never gonna be lonely

I wanna be a lion

E-Everybody wants to pass as cats

We all wanna be big big stars, yeah, but we've got different reasons for that

Believe in me 'cause I don't believe in anything
and I, I wanna be someone to believe, to believe, to believe,yeah

Mr. Jones and me stumbling through the barrio

Yeah we stare at the beautiful women

"She's perfect for you, Man, there's got to be somebody for me."

I wanna be Bob Dylan

Mr. Jones wishes he was someone just a little more funky

When everybody loves you, oh, son, that's just' bout as funky as you can be

Mr. Jones and me staring at the video

When I look at the television, I wanna see me staring right back at me

We all wanna be big stars, but we don't know why and we don't know how

But when everybody loves me, I'll be just' bout as happy as I could be

Mr. Jones and me, we're gonna be big stars.

Composição: Dave Bryson / Marty Jones / Toby Hawkins / Lydia Holly / Adam Duritz

Sombra & Luz

Roseira
Cortina
Tapete
Presentes
Estrelas
Tripé
Degraus


Todo Sentimento
Poema de E.E. Cumings

Todo sentimento
precisa de um passado pra existir
o amor não
ele cria como por um encanto
um passado que nos cerca
ele nos dá a conciência de havermos vivido anos a fio
com alguém que a pouco era quase um estranho
ele supre a falta de lembranças por uma espécie de
mágica...

Arte
Cultura
Gastronomia
Faz parte
Dessa loucura pura
Com quê de magia
Mas se loucura é pura
O ritmo mistura
Doutor mandou
Tem que ter jogo de cintura....

sábado, outubro 6

Show do Luís Perequê

Mesmo em seu eu, brasileiro.....
todo o encanto caiçara.....


Em nosso caminho....
toda a experiência que precisamos
cada decisão que tomamos
todo o amor que emanamos

segundos de tranquilidade
sonhos realidade

quinta-feira, outubro 4

Hoje meu amanhã é cor de rosa....
Cor de rosa da cor de meus desejos....
Meus desejos de amar mais....
Cor de rosa Paraty amar mais....
Cor de rosa Paraty amar sempre....
Ciranda e Amor.