domingo, junho 29

O AMOR


O AMOR

O amor não se restringe a passar pelas grandes avenidas dos desejos; nem se constrói em monumentos, pesadas muralhas de glória; não se reveste das cores extravagantes, nem se acumula altivo até as nuvens cheios de vistosos ornamentos. O amor mais se cala do que grita; faz do silêncio suas palavras. Não se alarde procurando na insanidade sua própria face; só revira as vísceras, despretensioso como o sol batendo nas telhas das casas.
O poeta Drummond canta “Amor começa tarde”. Porque é tarde que se aprende as coisas simples, é tarde que se enxerga a desnecessidade da razão. O amor caminha nas ruas e pelo suor das mãos tocadas absorve gotas das calçadas; é mais o sorriso fugidio que a lente preparada dos olhos não alcança. O amor escolhe os becos e as pontes estreitas. Nas vias congestionadas ele se espalha, perde-se na correria, dilui-se nas solas dos sapatos, nas visões mórbidas de humanos massacrados. Mas não perde sua força! Sua loucura é permanecer incólume, enquanto, absortos com a beleza de quem amamos, nos perdemos por um caminho há tantos séculos sempre e sempre procurado.

SESC AVENIDA PAULISTA




o♥ cirandaeamor..

quarta-feira, junho 25

Festa do Divino


Paraty
Ciranda de
Encontros e despedidas...

LEMBRANÇAS

Eu e minha mãe, sou bisneto de bugra...


Ao esquecido...
.

Caminhamos viajamos
Estamos em lugares inusitados
Visitamos cidades mares
Florestas e desertos e montanhas
.

Na mochila o peso da liberdade
No coracao a dor da saudade
E na esperanca e um sol melhor a cada dia
Fazemos nossos mundos de incertezas

.
Criamos nossas felicidades
E somos resultados de somas
E multiplicacoes de todas as Experiências
E assim caminhamos levando arte e copnhecimento

.
A distintos lugares
Vilarejos e olhares...

Foto e texto Fabricio Andre

quarta-feira, junho 18

Cultura em Verde e Azul


PROJETO ESTIMULA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO CULTURAL EM PARATY

Associação Casa Azul, em parceria com uma das maiores empresas de marketing turístico do mundo, apresenta mapeamento inédito das manifestações
culturais do município

No próximo dia 6 de junho, às 15 horas, empresários, agentes de viagem, jornalistas, formadores de opinião e moradores, poderão conhecer a cidade de Paraty sob um novo olhar, a partir da apresentação do projeto de desenvolvimento do turismo cultural no município.

Convidada pelo Ministério do Turismo para executar o projeto, a Associação Casa Azul contratou a Chias Marketing, uma das maiores empresas de marketing turístico do mundo. O resultado é um levantamento detalhado de todos os recursos turísticos de Paraty, incluindo manifestações culturais e étnicas.

O objetivo é redesenhar os roteiros e levar ao turista brasileiro e estrangeiro produtos multiculturais e todas as belezas naturais da cidade. “Vamos oferecer uma melhor qualidade de vida à população, por meio de um turismo sensível aos valores da cultura local, com a conservação do patrimônio arquitetônico e natural da cidade”, afirma o presidente da Associação Casa Azul, Mauro Munhoz.

A iniciativa do planejamento faz parte do projeto Destinos Indutores, previsto no Plano Nacional de Turismo 2007-2010, do Governo Federal. A cidade de Paraty está entre os dez municípios apontados como destinos-referência e foi escolhida como modelo em turismo cultural. Segundo a EMBRATUR, Paraty ocupa a 11ª posição no ranking de visitação de estrangeiros.

A íntegra do estudo será apresentado oficialmente ao MTur durante o evento Mar de Cultura, na tarde do dia 6 de junho, e contará com a presença do Secretário Nacional de Políticas do Turismo, Airton Pereira, e do diretor da Chias Marketing, Josep Chias, além de convidados do trade e comunidade local. A programação completa consiste num famtour que vai de 5 a 8 de junho e inclui exposição, apresentações musicais, cortejo com bonecões do Jubileu – tradicionais figuras do carnaval local - e visitas técnicas de operadores de turismo e imprensa aos principais atrativos culturais da região.

A apresentação do projeto está programada para o dia 6 de junho, às 15 horas, na Casa da Cultura de Paraty, que fica na Rua Geralda, 177.

Associação Casa Azul

A Associação Casa Azul é a organizadora da FLIP - Festa Literária Internacional de Paraty, maior evento literário da América Latina. Presidida pelo arquiteto Mauro Munhoz, a Associação é reconhecida desde 2002 como OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. Há seis anos promove a FLIP – que, com um fluxo crescente de turistas, vem contribuindo para a revitalização dos espaços públicos de Paraty.

Mais informações:
A4 Comunicação – (11) 3897.4122
Jennifer Queen –
jenniferqueen@a4com.com.br
Neila Carvalho – neilacarvalho@a4com.com.br
Pablo Torres – pablotorres@a4com.com.br

MEMÓRIAS DE UM TIGRE DE CIRCO


Apresentações para escolas públicas de Paraty
dia 12/6 10h Teatro Espaço
dia 13/6 10h e 15h Teatro Espaço
dia 24/6 10h e 15h Silo Cultural José Kléber
dia 25/6 10h e 15h Silo Cultural José Kléber

Estréia com grande pompa dia 27/6 às 21h na Tenda Cultural da Praça da Matriz.

Nos dias 4, 5 e 6 de julho o espetáculo será apresentado no Rio, no VI FIL - Festival Internacional de Intercâmbio de Linguagem, em teatro e horário a serem confirmados. É um festival muito legal, que este ano apresentará o Philipe Genty, grupo francês extraordinário.
Maiores informações
Rachel Ribas
Teatro Espaço
24 3371-1161

Para o Jornal de Paraty

Foto Daniel de Jesus

MAR DE CULTURA


Pelas ruas do Centro...

Lindas Ana e Taís



Paraty TempestivA

Simplesmente demais!
Foto: Calahan *orkut*


cultura à brasileira

quinta-feira, junho 12

Som das SaudadeS num caleidoScópio

Caleidoscópio

Vem ferindo... vem sem fim...
Vem dos ecos dos ãos de dentro de mim....

Vem essas saudades
Embaladas em nossa canção...

Nossa canção de saudade
de saudade que vem sem fim.

Foto Daniel de Jesus

domingo, junho 8

Para


Pára.
Pára o mundo, pára tudo.
Pára por alguns segundos.
Só para que eu possa engolir esse turbilhão...
essa insana emoção...

E o inesperado na vida sempre surge
Só para me surpreender...
para me suspender...
Para fazer-me compreender
que o controle é dela.

E eu...
eu que me equilibre na intensidade
de toda insustentável leveza de me ser.

Aquarianas

Aspectos sentimentais do signo Aquário

:: Graziella Marraccini ::


Aquário é um signo de Ar, Fixo, governado pelo planeta Urano e tem como co-regente o planeta Saturno.

Como os outros signos de Ar, Aquário é um signo intelectual, um signo de conhecimento.

Ele está principalmente relacionado com ideais, ideais de amor e fraternidade universal, no que diz respeito à evolução da humanidade. O Aquariano é também muito atraído pelas ciências, pelas invenções e descobertas que irão melhorar a condição humana nas gerações futuras. O grito "Igualdade, Liberdade e Fraternidade" é o lema do Aquariano. Porém muitas vezes, este ideal se choca frontalmente com a realidade da condição humana e ele se decepciona com as atitudes dos seres humanos, tão limitados, coitadinhos! Então ele se irrita e pode perder a paciência, considerando os ‘outros’ como seres inferiores que nunca irão chegar lá onde ele chegou!

A figura mitológica associada a este signo poderia ser aquela de Prometeu, aquele que roubou o fogo aos deuses para doá-lo aos homens. Por causa disto ele foi condenado a ficar a vida toda acorrentado a um rochedo, onde uma águia iria todos os dias lhe roer o fígado. Hércules o libertou deste sofrimento. O nobre impulso do aquariano de ajudar o desenvolvimento da raça humana o condenaram a ficar acorrentado. Isto pode ser proveniente do lado ‘Saturno’ de seu caráter, que é o símbolo da estrutura, da ordem e dos limites, e que está presente em seu signo para lhe lembrar que o ser humano está acorrentado às suas fraquezas, inerentes à vida terrena.

Momentos Paraty

Há momentos que não serão apagados.
Há pessoas que não serão esquecidas.
Pois a vida não vale um momento,
mas há momentos que valem uma vida!

Fotos Francisco Wilson Costa

domingo, junho 1

Mudo soM

Magia a saltar na força da conexãO
.
Silenciosa melodia desse mudo soM
.
Instrumentos e coreS
.
Ritmos e amoreS
.
Das letras uma explosãO
.
Acordes ao coraçãO
.
Trindade by Joe