quarta-feira, abril 2

Paraty que me pára...

Hoje o pôr-do-sol de Paraty me parou...
me hipnotizou a contemplá-lo...
o contorno da Pedra Branca bem definido
com fundo azul claro
e arranhões brancos que saiam de seu lado direito destino ao centro do céu...
e um traço preto saindo pelo outro lado,
paralelo ao horizonte...
lindo de morrer...

Como costumo fazer quando fico alguns dias sem ver o Centro Histórico de Paraty,
ao atravessar pedalando a ponte do Perequê-Açu
pedi a benção e me benzi.
No mesmo instante
me dei conta que um caiçara jogava sua tarrafa exatamente do topo da ponte...
e quando reparei seu desenho feito no rio,
formava um coração.

Magicamente Paraty...
sempre a me encantar...
Sem precisar de palavras
não cansa de encher minha vida
nessa doce melodia ciranda e amor.

Nenhum comentário: